jusbrasil.com.br
11 de Abril de 2021

Score do CPF o que é e como melhorar o seu

Emanuel Gonçalves da Silva, Profissional de Comercialização e Consultoria de Serviços Bancários
mês passado

Pagar suas contas em dia garante muito mais que seu nome limpo. Também aumenta seu score de cpf e dá vantagens em algumas situações. Por exemplo, no momento da busca por financiamentos ou crédito novo.

Analisando o comportamento financeiro de cada consumidor é estipulado um score. Ou seja, uma pontuação utilizada por instituições financeiras para verificar qual o seu perfil.

Esse score varia de acordo com seus pagamentos e compras. Portanto, manter as dívidas dentro do prazo o torna um consumidor mais bem avaliado. Já se não cumprir suas obrigações a pontuação será menor.

O que é score de CPF?

O score de cpf é a sua pontuação como consumidor. Em resumo, por meio dela você obtém crédito na praça, bem como empréstimos e financiamentos. Então, ela ajuda na relação com as instituições financeiras.

Para que o cálculo seja feito são considerados o histórico de pagamentos. Por exemplo, se a pessoa quita suas dívidas dentro do prazo ou se há atrasos e pendências.

Todos esses dados são calculados para que tenha uma pontuação que varia de 0 a 1000. Assim, quanto mais perto de 1000, maior a probabilidade de realizar pagamentos em dia.

Como funciona o score?

De modo geral o score de cpf pode variar de 0 a 1.000. Sendo assim, quanto mais o consumidor se aproximar da pontuação máxima, melhor visto é. Afinal, significa que honra com seus compromissos financeiros.

Abaixo da média

Usuários que têm score variando de 0 a 549 são considerados, geralmente, abaixo da média. Porque tem uma probabilidade menor de quitar suas dívidas. Também é comum nesses casos haver registro de inadimplência, protestos e ações.

Médio

Já entre 550 e 624 são os classificados como médio. Ou seja, podem ter atrasos, mas usualmente cumprem suas obrigações. Inclusive, eles podem ser aceitos em financiamentos e crédito novo.

Bom

O bom consumidor é aquele com pontuação entre 625 e 699. Desta forma, ele é considerado em todo o mercado como um bom pagador. Logo, as chances de conseguir empréstimos e financiamento são maiores.

Muito bom

Para atingir o patamar de muito bom é preciso uma pontuação entre 700 e 799. Em resumo, esse cliente recebe condições de crédito bem mais competitivas e vantajosas das instituições financeiras.

Excelente

Atinge o nível de excelência quem tiver entre 800 e 1.000 pontos. Certamente é possível imaginar que são poucos os brasileiros que possuem esse score. Já nesse caso as opções de crédito são ilimitadas.

É possível perceber que o score de crédito funciona em uma escala. Ou seja, quanto melhor a sua pontuação, mais vantagens financeiras poderá receber. Desta forma, estimulando os usuários a manter as contas em dia.

Como consultar seu score de CPF?

Para consultar o seu score de cpf pode utilizar o Serasa. Então, veja qual o passo a passo para verificar a sua pontuação. Assim poderá analisar a sua situação financeira e saberá se precisar fazer algo para melhorar ou não.

1º Entre no site do Serasa

Acesse o site do Serasa e clique em consultar meu score grátis. Em seguida preencha o campo com o número do seu CPF, para que os dados possam ser acessados.

2º Crie uma conta ou acesse uma existe

Caso tenha uma conta no site basta digitar a sua senha. Já se não tiver, basta escolher uma forma de acesso, seja pelo Facebook ou e-mail do gmail.

3º Veja seu score

Por fim você será redirecionado a uma página com seu score de crédito. Logo, poderá ver a pontuação obtida e ainda clicar para entender mais sobre ela. Inclusive, eles fornecem uma breve análise falando se está baixo ou alto.

É importante que acompanhe seu score para saber como está classificado. Ainda mais se deseja conseguir um empréstimo, financiamento ou tentar mais crédito no mercado ou com bancos.

Como aumentar o score?

A ideia é sempre ter a maior pontuação de score de cpf. Então há algumas coisas que podem ser feitas para que isso aumente. Por exemplo, veja algumas delas abaixo.

  • Pagar todas as suas contas dentro do prazo;
  • Possuir contas e faturas em seu nome;
  • Manter dados cadastrais em dia;
  • Não solicitar inúmeros pedidos de crédito em pouco tempo;
  • Negociar dívidas e cumprir os acordos propostos.

Em resumo, ao seguir as sugestões você poderá aumentar sua pontuação. Inclusive, vale lembrar que não é do dia para a noite que isso acontece. Ou seja, é preciso esperar um tempo até que os pontos sejam adicionados ao seu CPF.

O que ganho com o score de CPF alto?

Possuir um score de cpf alto aumenta suas chances de conseguir crédito com instituições financeiras. Por exemplo, aumentar o limite do seu cartão, ou até mesmo ter um aprovado.

Facilita ainda quando for abrir contas ou até mesmo aceitar cartões de empresa. Afinal, eles analisam a sua pontuação para propor um limite aceitável para o seu perfil financeiro.

Empréstimos e financiamentos tão ficam mais simples de serem obtidos ao manter um bom score. Portanto, mantenha os seus pagamentos em dia para que seja beneficiado futuramente.

Mantenha um planejamento

Se para obter um bom score de cpf é preciso estar em dia com seus pagamentos, faça um planejamento. Em resumo, tenha um controle financeiro das suas despesas e obrigações para que não perca o prazo.

Você pode adicionar lembretes de celular, escolher a função de débito automático. Enfim, o importante é tomar atitudes para que os pagamentos aconteçam e que tenha o dinheiro necessário.

Antes de fazer qualquer dívida analise a sua situação financeira. Afinal, utilizar de recursos como financiamentos e empréstimos poderá complicar a sua situação. Assim, fazendo com que não pague o que está devendo.

Por fim, agora que entendeu como o score funciona, foque em melhorar sua pontuação. A princípio são poucos os brasileiros que chegaram no nível de excelência e você pode ser um deles.

Coloque as dicas em prática e pague seus débitos em dia. Desta forma irá melhorando a sua pontuação até atingir os níveis mais altos dentro dos sistemas de crédito nacional. Logo, conseguindo mais vantagens financeiras caso precise.

CATEGORIESSCR BACENSERASASOS DÍVIDASSPC

setembro 2, 2020 By promoz57_wp6

Não consegue crédito? Você pode ter restrição indevida no SCR

Você sabe o que é o SCR? Essa sigla representa o Sistema de Informação de Crédito que mantém o registro das transações financeiras acima de R$ 200,00. Tanto de pessoas físicas quanto jurídicas do Brasil.

Basicamente, esse registro é gerenciado pelo Banco Central. E é um dos principais motivos que dificultam o acesso ao crédito no país. Assim, para mais informações continue a leitura deste artigo.

O que é o SCR?

O SCR também é conhecido como a lista negra do Banco Central. Pois, reúne informações sobre o histórico de crédito dos clientes de vários bancos. Nesse sentido, sempre que uma pessoa solicita crédito.

Ou atrasa o pagamento das suas dívidas. Essa informação é repassada para o Banco Central e fica disponível para todos os demais bancos. Dessa forma, eles têm livre acesso ao histórico de crédito de potenciais clientes.

Permitindo que eles avaliem a possibilidade de liberar empréstimos e financiamentos ou não. De acordo com os dados de pagamento ou inadimplência que constam no SCR.

Esta imagem no pode ser adicionada

Por conta disso, quando você solicita crédito no banco o seguinte processo ocorre:

  • Em primeiro lugar, é feito uma consulta nos órgãos de proteção ao crédito (SPC, SCPC e Serasa);
  • Caso o nome esteja limpo o banco confere o score de crédito;
  • Bem como, o score interno do consumidor no banco;
  • Por fim, a última análise é a verificação no Sistema de Informações do Banco Central.

Assim, qualquer registro de atraso no pagamento ou inadimplência nos últimos 2 anos pode interferir na liberação de crédito. Sendo que, em alguns casos, continuam registradas no Banco Central dívidas com mais de 5 anos.

Por isso é tão importante que o consumidor conheça os seus direitos. Principalmente o que está relacionado com a prescrição de dívidas e a cobrança indevida.

Também é fundamental ter acesso a todas as operações que estão registradas no Banco Central. Assim, é só acessar o Registrato, realizar o cadastro e solicitar o extrato.

Como os bancos utilizam o SCR?

Além de usar o SCR como forma de avaliar os riscos de liberar crédito. Essa ferramenta também é utilizada para burlar o Código de Defesa do Consumidor.

Pois, os bancos oferecem acordos para limpar o nome dos inadimplentes. Sem deixar claro que todo o valor que for descontado no pagamento será registrado como pendência no Banco Central.

Ou seja, caso você pague um acordo que oferece 30% de desconto na sua dívida. Esses 30% serão registrados na lista negra do crédito. Então, ainda que você tenha o nome limpo, terá dificuldade para conseguir:

  • Financiamentos;
  • Empréstimos;
  • Cartões de crédito;
  • Aumento do limite bancário;
  • Parcelamentos com juros baixos.

Por isso esse tipo de registro no SCR é ilegal e pode ser denunciado nos órgãos de defesa ao consumidor. Contudo, para isso é necessário ter conhecimento sobre as leis e a negociação de dívidas.

Como tirar o seu nome da lista negra dos bancos?

Para retirar o seu nome da lista negra é necessário negociar com os bancos. Contudo, esse processo pode ser bastante burocrático e demorado. Pois, será preciso seguir o passo a passo abaixo:

  • Acessar o Registrato do Banco Central e solicitar o extrato;
  • Conferir todas as transações que constam na aba “Prejuízos” do extrato;
  • Analisar se as dívidas que estão registradas já foram pagas;
  • Bem como, se alguma delas prescreveu depois de 5 anos;
  • Juntar todos os comprovantes de pagamento e documentos que demonstrem a prescrição da dívida;
  • Entrar em contato com o banco;
  • Solicitar a remoção do nome no Sistema de Informação de Crédito;
  • Enviar todos os documentos solicitados;
  • Aguardar a análise do banco.

Além disso, o consumidor precisa estar preparado para exigir que os seus direitos sejam cumpridos. Pois, os bancos farão de tudo para dificultar o processo.

Assim como, encontrarão motivos para manter o nome do cliente no SCR. Já que é do interesse deles controlar a liberação de crédito. Para abusar das taxas de juros e aumentar sua influência sobre o consumidor.

Diante disso, é fundamental investir no seu conhecimento. Para enfrentar todas as estratégias dos bancos. Nesse sentido, uma boa alternativa é estudar as leis que protegem o consumidor.

E entender como o ocorre a prescrição de dívidas. Bem como, a melhor forma de responder aos atos ilegais cometidos pelos credores. Assim, você estará um passo mais perto de conquistar sua independência financeira.

http://sosdividas.com.br

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)